DSC 1713 Small

DSC 1713 Small
Após 39 anos de funcionamento, na noite da ultima sexta-feira, em cerimônia realizada no Cine Teatro Nelli,  a Escola Municipal de Ensino Supletivo de Botucatu (EMESB) recebeu uma denominação e passa a chamar-se Escola Municipal de Ensino de Jovens e Adultos “Profª Antonietta Magnani”.

O evento aconteceu antecedendo a solenidade de formatura dos alunos da 8ª série e 3ªs séries do Ensino Médio, segundo semestre 2017,  e que se tornam muito especiais, pois são a primeira turma do EMEJA “Prof. Antonieta Magnani”.

A cerimônia contou a presença do Secretario Municipal de Educação, Valdir Paixão; da secretária Adjunta da Educação, Claudia Gabriel; da vereadora Alessandra Lucchesi de Oliveira; da diretora Daniela Fernandes Thomé; da coordenadora pedagógica Maximina Maria Carvalho Aidar Andrade; da Sra. Nilza Pauletti, Sr. Geraldo Leota de Mello, representando os familiares e amigos da homenageada.

O EMEJA atende atualmente cerca de 300 alunos, desde os anos iniciais do Ensino Fundamental até o Ensino Médio na modalidade de Educação de Jovens e Adultos, no período noturno;  funciona em prédio compartilhado com a Escola Municipal de Ensino fundamental  Dr.”Cardoso de Almeida”, no centro.

Atendendo semestralmente 60 alunos no Ensino Médio, desde seu funcionamento formou aproximadamente 4.680 alunos. Muitos deles ingressaram na Faculdade, cursos técnicos e deram continuidade a sua formação buscando uma ascensão profissional.

O supletivo municipal conta com um corpo docente de 16 professores e 03 intérpretes de libras. A Unidade Escolar visa atender a todos os que desejam concluir o Ensino Médio para uma melhor qualificação de trabalho e formação como indivíduo.

Profª Antonietta Magnani

Professora Antonietta Magnani nasceu em Botucatu, no dia 24 de outubro de 1918. Filha de Américo Magnani e de Maria Scripellitti, foi a quarta filha entre os irmãos Melita, Rosa, Santo, Odette e Odila.

Fez seus estudos na antiga Escola Normal, atual EECA. Foi aluna brilhante, dividindo seu tempo de estudo com os cuidados da casa e dos irmãos.

Formou-se em 1936 e nunca perdeu a oportunidade para se reciclar em matérias pedagógicas e até inovou métodos para ensinar aos pequeninos, cálculo e linguagem. Foi uma figura ímpar, singular, dessas que nasceram para servir.

Ingressou no magistério em 1937 como professora primária na cidade de Santa Bárbara do Rio Pardo e, a partir daí, lecionou em diversas cidades e fazendas do interior de São Paulo. Em 1951 assumiu como diretora na cidade de Ubirajara. De 1952 a 1956, diretora no Grupo Escolar “Prof. Napoleão Corulli”, na cidade de Pardinho. De 1957 até 1972, foi diretora do Grupo Escolar “Martinho Nogueira”, em Botucatu, onde trabalhou até a sua aposentadoria.

Antonieta Magnani, além de diretora escolar, fez o papel de professora, coordenadora, orientadora, vigia de saúde, entre outros.

A professora Antonietta Magnani, faleceu em Botucatu, em 14 de julho de 1989, mas será sempre lembrada como um exemplo de professora, e diretora que não deixou definhar a profissão

 
DSC 1662 Small
DSC 1662 Small
DSC 1695 Small
DSC 1695 Small
DSC 1720 Small
DSC 1720 Small
DSC 1766 Small
DSC 1766 Small
DSC 1755 Small
DSC 1755 Small
DSC 1831 Small
DSC 1831 Small